DEFENDENDO A FÉ DESDE 1536; Sola Scriptura, sola Gratia, sola Fide, soli Deo Glória, solus Christus;

DEFENDENDO A FÉ DESDE 1536; SOLA SCRIPTURA, SOLA GRATIA, SOLA FIDE, SOLI DEO GLÓRIA, SOLUS CHRISTUS; Amados, quando empregava toda a diligência em escrever-vos acerca da nossa comum salvação, foi que me senti obrigado a corresponder-me convosco, exortando-vos a batalhardes, diligentemente, pela fé que uma vez por todas foi entregue aos santos. Judas:3;

sábado, 29 de maio de 2010

QUAL TEM SIDO A SUA MARCA? Ap:13.16-17;

“Astucioso, egoísta. Alerta às chances de burlar os cidadãos e o Estado, espantoso desrespeito pelo bem comum e pelas leis – esta é a imagem que se tem do corrupto, o mais notório personagem da realidade política atual, no Brasil e, pode-se dizer, no mundo. Mas quem, afinal, são os corruptos? Aqueles que trabalham para o governo e se apropriam de bens públicos? Os profissionais liberais que não declaram integralmente seu imposto de renda? O chefe de compras que aceita propina para escolher o fornecedor da empresa onde trabalha? A maioria da população que não exige nota fiscal ao fazer suas compras e facilita aos comerciantes lesar o fisco?”. Vejamos quais as marcas de Cristo, e quais as marcas do Diabo:
Em Apocalipse 13:16-17; está escrito que só poderá comprar e vender ou seja negociar, aqueles que tiverem o “sinal”, ou o nome da besta, ou o número do seu nome, escrito na testa ou na mão direita. Mas que sinal é este? Alguns por fazerem uma interpretação literal declaram que este sinal é uma tatuagem do nome de Satanás ou do número 666, outros declaram que é um chip de identificação na mão ou a identificação do indivíduo pela leitura óptica da íris ou seja, o sinal na testa, antes se dizia que o sinal era as impressões digitais nas carteiras de identidade, futuramente possa ser alguma coisa mais moderna? Cada um que apresente alguma forma de identificação literal deste sinal. Mas que sinal é este? As Escrituras Sagradas revelam que este sinal é a situação do homem não regenerado, que por fazer parte do reino das trevas, são escravos do pecado, e são conhecidos pelas suas obras como é descrito em Gálatas 5.19-21; O Apostolo Paulo faz uma descrição do caráter daqueles que fazem parte do sistema mundano, onde se evidencia uma pré-disposição para a satisfação dos desejos da carne, embora que exteriormente muitos tenham uma boa reputação, mas intimamente não perdem a oportunidade de praticar e se deleitar em algumas dessas obras da carne às escondidas, cada um tem sua marca de pecado, pelo qual não conseguem se libertar, uns com mais outros com menos marcas. Muitos são conhecidos com aquilo que pratica! “Quem compra fiado com a intenção de não pagar é conhecido como velhaco”, “quem recebe propina ou coisa parecida é conhecido como corrupto”, A situação está tão generalizada que para alguém prosperar nos seus negócios, salvo algumas exceções, tem que fazer parte do sistema mundano, corrompendo ou se deixando corromper. Jr:17.9-11; Dependendo do tipo e do grau de pecado geralmente alguém fica marcado com aquilo que praticou ou pratica; Judas ficou marcado como traidor e ladrão; e dificilmente se consegue apagar da mente da sociedade as marcas do pecado, independentemente de quem quer que seja.
A marca do regenerado é o fruto do Espírito Santo, Gl:5.22-23; onde ele chega é logo reconhecido, pois não age segundo o sistema mundano, mas segundo a vontade de Deus, notemos que aqueles que foram resgatados do reino das trevas para o reino da luz, já não mais se harmoniza com o sistema mundano, mas abandonam suas práticas do passado pelo qual eram conhecidos, Ef:4.17-19; Santo Agostinho após sua conversão foi procurado por uma de suas antigas amantes pelo qual ela o chamou pelo nome e de pronto ele respondeu “o velho Agostinho morreu”; portanto passam a dar frutos dignos de arrependimento Lc:3.8,10-14; para produzir frutos é simplesmente não compactuar não compactuar com o pecado, e passar a andar de forma digna do evangelho Ef:5.1-12; aqueles que frutificam jamais irão comprar ou vender (negociar) alguma coisa que transgrida a Lei de Deus ou a Lei Civil, (se esta Lei Civil estiver em conformidade com a Lei de Deus). Ez:22.12-14;
Qual tem sido a nossa marca neste mundo? Nós somos conhecidos como alguém que ama e pratica a Lei de Deus como um sinal de fé genuína? Os Protestantes foram marcados na história como um povo que protestava, (a favor do testemunho); Os Puritanos foram marcados como um povo que se purificavam; os Metodistas foram marcados como um povo que faziam tudo metodicamente etc, Portanto o dever do homem é temer a Deus e guardar os seus mandamentos! Ec:12.13-14; Se nós não fazemos isto, devemos suplicar o perdão de Deus e pedir para que Ele tenha misericórdia e mude a nossa marca! Ez:18.30-32; A verdadeira evidência de que fomos Batizados com o ou no Espírito Santo é o fruto do Espírito, Cristo afirmou “pelos frutos vós conhecereis”; também afirmou: “vós sois o sal da terra”; da mesma for que uma árvore que não produz frutos e o sal incipito não serve e nem evidencia o novo nascimento muito menos o caráter e a marca do verdadeiro cristão! Como diz o Apóstolo João: “aquele que é nascido de Deus não vive na prática do pecado, porque o que permanece nele é a divina semente” 1Jo:3.9; Amém.
Pb. Silvio Romero Santos

Nenhum comentário: