DEFENDENDO A FÉ DESDE 1536; Sola Scriptura, sola Gratia, sola Fide, soli Deo Glória, solus Christus;

DEFENDENDO A FÉ DESDE 1536; SOLA SCRIPTURA, SOLA GRATIA, SOLA FIDE, SOLI DEO GLÓRIA, SOLUS CHRISTUS; Amados, quando empregava toda a diligência em escrever-vos acerca da nossa comum salvação, foi que me senti obrigado a corresponder-me convosco, exortando-vos a batalhardes, diligentemente, pela fé que uma vez por todas foi entregue aos santos. Judas:3;

terça-feira, 27 de julho de 2010

O PODER DO TOQUE! Ec:3.5;

Você já abraçou alguém hoje? Se não, ainda é tempo. Pesquisas revelam que o contato físico tem o poder de aliviar o estresse, curar doenças e até mesmo diminuir a violência. A ruptura do contato físico pode levar à violência; geralmente em famílias desestruturadas, alheias a Palavra de Deus e pais desatenciosos; tornam o lar mais propício a gerar filhos com distúrbios emocionais, depressivos, homoxessuais, prostitutos, drogados, alcoolistas, violentos, etc, não que o homem seja produto do meio, mas que houve uma má orientação ou não houve uma boa orientação moral Pv:9.9; vejamos algumas proposições:
(1). O ato de se tocar, abraçar, beijar, como uma demonstração de afeto e carinho remonta aos primórdios da humanidade. Vemos Jacó beijando e abraçando sua prima Raquel Gn:29.11; Labão recebendo seu sobrinho com abraços e beijos como uma demonstração de afetos familiares Gn:29.13; vemos Jacó se reconciliando com seu irmão Esaú com abraços, beijos e choros de alegria Gn:33.4; Estas demonstrações de afetos através do toque entre os adultos, são frutos gerados pela tratamento que os pais dão a seus filhos durante a infância. Pv:22.6; Na cultura patriarcal as crianças passavam mais tempo com seus pais, dormiam com eles Lc:11.7; aprendiam com eles Dt:6.7; eram disciplinados por eles Pv:29.17; etc
(2). Na cultura moderna, esta presença dos pais vem desaparecendo cada vez mais, estamos vivendo um processo de “terceirização” das responsabilidades dos pais em prover as necessidades dos filhos; A figura dos pais tem se transformado, em modo geral, naquele que paga a conta das necessidades cotidianas da família; esquecendo que os filhos também precisam de se sentirem amados, de atenção, de ser ouvidos, de ser abraçados e beijados por aqueles que amam. Estas coisas não se compram, se deve! Rm13.8;
(3). Ser privado de amor, carinho, atenção, elogios, abraçados, beijos, etc, daqueles que amamos, causa feridas amargas no coração e na mente, que irá afetar todo o corpo Pv:17.22; e causar distúrbios de comportamento. Muitos pais tem perdido seus filhos para as drogas, prostituições, violências, doenças psicologias, homoxessualismo, etc, e quando descobrem já é tarde e a única solução é tentar reverter esta situação, e recuperar o filho perdido em seu próprio lar. 2Sm:15.1-13;
(4). A solução para este problema é rever as prioridades, como diz o texto base “Há tempo para tudo” Ec:3.1-8; pois quem ama seus filhos, busca tempo para zelar por eles; ensinando nos caminhos de Deus Pv:22.6; disciplinando para correção Pv:13.24; não irritando os filhos pó meio de injustiças Cl:3.21; abraçando e abençoando Mc:10.13-16; se compadecendo nos momentos difíceis Sl:103.13; pois os filhos são herança do Senhor Sl:127.3; e eles não se esquecerão do tempo que passastes com eles quando criança e sempre te agradecerão.
Tens zelado pela vida espiritual, emocional e psicológica de seus filhos, conversando e orando com eles? Se fizestes o possível para o bem deles, principalmente para bem espiritual, Deus te galardoarás! Se fortes negligentes? Deus cobrará de ti1Sm:2.12,15,22,29,31; Arrepende-te enquanto é tempo, pois há tempo para tudo, reveja suas prioridades, o que adianta ganhar o mundo inteiro e perder sua alma e sua família? Lc:9.25; Amém!


Pb. Silvio Romero Santos.

Nenhum comentário: