DEFENDENDO A FÉ DESDE 1536; Sola Scriptura, sola Gratia, sola Fide, soli Deo Glória, solus Christus;

DEFENDENDO A FÉ DESDE 1536; SOLA SCRIPTURA, SOLA GRATIA, SOLA FIDE, SOLI DEO GLÓRIA, SOLUS CHRISTUS; Amados, quando empregava toda a diligência em escrever-vos acerca da nossa comum salvação, foi que me senti obrigado a corresponder-me convosco, exortando-vos a batalhardes, diligentemente, pela fé que uma vez por todas foi entregue aos santos. Judas:3;

segunda-feira, 14 de março de 2011

Jônatas era amigo de Davi: 1Sm:18.1-4;


 O Novo Testamento usa três palavras para descrever o amor. A palavra Eros significa amor egocêntrico, imediatista, porque busca satisfazer os seus próprios interesses; daí vem a palavra erotismo, abrindo campo para o tipo de sensualidade, carnalidade e “erotomania”. Filia se refere à amizade sincera, afeição mútua e compreensão. A palavra Ágape refere-se ao amor altruístico, desinteressado; Eros é auto-afirmação; Ágape é autonegação; esse amor sublime, perfeito, só pode ser encontrado na experiência religiosa. É uma expressão do próprio Deus revelado em Cristo. É um amor sem medida, é dádiva, auxílio, é graça.
      Trazendo para o texto estes conceitos de “amor”; vemos que houve entre Davi e Jônatas foi o amor Filia ou seja a expressão: “a alma de Jônatas ligou-se com a de Davi, e Jônatas o amou como à sua própria alma” 1Sm:18.1; O que Jônatas sentiu por Davi foi uma amizade e afeição v.1; quando eles conversaram fizeram aliança, se entenderam, se compreenderam v.3; que é mais um aspecto de amor Filia “ compreensão”; este amor Filia é um amor como a um irmão, é comum na sociedade se dizer que: “ fulano é como meu irmão” ou “eu amo fulano como irmão”; A questão é que as palavras Eros, Ágape e Filia são traduzidas para o português por uma única palavra: “Amor” que dependendo do sentido do texto irá determinar o significado da palavra. Notemos que esta expressão “A minha alma está ligada com”; infere em dizer que: “Se alguma coisa de mal acontecer com fulano, eu sofrerei também e vice e versa”; vejamos no caso de Jacó: Ele tinha este sentimento pelo filho mais novo: “Agora pois, indo eu a teu servo, meu pai, e não indo o moço, visto a sua alma estar ligada com a dele”. Gn:44.30; portanto se esta expressão significa ter algum envolvimento sexual? Como um idoso, deficiente visual e a beira da morte, poderia ser amante de seu próprio filho? Ambos os textos definitivamente não expressam em nenhum momento o amor Eros ou qualquer conotação sexual e nem que se esteja buscando satisfazer os seus próprios interesses; Jônatas não foi egocêntrico, não buscou seus próprios interesses, muito menos foi pervertido; mas procurou ajudar a Davi. V.4;
      Quando Davi soube da morte de Jônatas a sua “alma que era ligada” afetivamente, ele chorou como se tivesse perdido um irmão, dizendo: “Angustiado estou por ti, meu irmão Jônatas; quão querido me eras!” 2Sm:1.26; Ele declarou que o amor Filia entre os dois (amizade, compreensão) era superior e mais verdadeiro do que o amor Eros com as mulheres: “Maravilhoso me era o teu amor, mais maravilhoso do que o amor das mulheres”; 2Sm:1.26; se Davi tivesse em mente o amor Eros logicamente ele iria equiparar ao amor das mulheres!
       Portanto esse amor entre os dois deve ser sempre incentivado como diz Salomão: “em todo tempo ama o amigo, e na angustia se faz o irmão” Pv:17.17; nós temos que ser probo nos nossos relacionamentos para que possamos ser verdadeiramente uma bênção em todo o tempo! Amém!

Pb. Silvio Romero Santos. 

Nenhum comentário: